Cuidados com o uso do Sabonete Íntimo

Cuidados com o uso do Sabonete Íntimo
COMPARTILHE

O sabonete íntimo, embora não seja indispensável, pode ser um bom aliado na hora da higienização da região íntima.

Por ser um produto formulado especificamente para a higiene da região genital, ele deve ter detergência suave, removendo restos de células e gorduras, sem atacar o manto lipídico, a camada de proteção que permite a transpiração e preserva a pele hidratada.

No entanto, é necessário usar o sabonete de forma adequada e com algumas atenções para não ser utilizado incorretamente e causar problemas.

Uso correto do Sabonete Íntimo

Um produto com alta detergência não suave põe em risco o manto lipídico, e consequentemente, deixa a pele vulnerável a infecções e situações como desconforto, irritação e coceira.

Você deve observar algumas características importantes do sabonete íntimo como a classificação de hipoalergênico e a informação de que é dermatologicamente testado.

Higiene feminina

Uma das maneiras de evitar doenças e contaminações na região íntima é manter uma higiene adequada diariamente

Sabonete Íntimo não é remédio

É muito importante esclarecer que os sabonetes íntimos não tratam infecções.

Se a mulher sofrer de algum problema, a recomendação é que procure um médico. Neste caso específico, ela deve tratar a infecção e suspender o uso do sabonete. Se tiver corrimento, pode continuar usando para ajudar a manter a higiene, mas precisa saber que apenas o sabpnete não vai resolver o problema.

Inclusive, se a vulva estiver muito irritada, ela não irá conseguir manter o uso do sabonete por estar com a pele muito sensível.

Bem-estar

Sabonetes com o pH errado são apontados como inimigos da saúde íntima feminina

Dicas para usar corretamente o sabonete íntimo

  • Existem alguns sabonetes com perfumes ou neutralizador de odores. Se não causar irritação, não há problema algum em usá-los.
  • Utilize sempre sabonetes íntimos e lenços humedecidos que não contenham álcool.
  • Veja se o produto é específico para a região genital.
  • Se a mulher utilizar produtos que não seguem a formulação correta, estará mais sucsetível a ter problemas, uma vez que a pele estará menos protegida.
  • Evite produtos bactericidas

Importante: A ação agressiva de lâminas utilizadas na depilação íntima podem desencadear alergias e ressecam a região. Para estas áreas do corpo o melhor seria usar um método mais delicado, como pinça ou depilação com cera.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *